AFDT E ACJEF DEIXAM DE EXISTIR COM A PORTARIA 671?

O AFDT é o relatório fiscal que registra todas as informações relacionadas à marcação do ponto dos funcionários, incluindo os dados sobre a entrada, saída e intervalos.  

O ACJEF também é um relatório fiscal que registra dados sobre a jornada de trabalho dos funcionários, mas, diferente do AFDT, é utilizado e disponibilizado somente quando houver fiscalização. Sendo emitido diretamente do Registrador de Eletrônico de Ponto (REP).  

Com a modernização dos controles eletrônicos de jornada, a partir da Portaria n° 671/2021, os arquivos AFDT (Arquivo Fonte de Dados Tratados) e ACJEF (Arquivo de Controle de Jornada para Efeitos Fiscais) foram substituídos pelo AEJ (Arquivo Eletrônico de Jornada).  

O AEJ é um arquivo que concentra todas as informações relativas ao pós-processamento dos dados gerados pelo REP-C, REP-A ou REP-P. Nesse sentido, a nova Portaria dá maior clareza e segurança às empresas, ao padronizar o relatório. 

Os Programas de Tratamento de Registro de Ponto (PTRP), que geram o AEJ, têm até a data 10/11/2022 para serem adaptados ao novo leiaute definido no Anexo VI da Portaria 671/2021. 

Desse modo, até 09/11/2022 o PTRP ainda pode gerar os arquivos AFDT e ACJEF

"Com a entrada em vigor da Portaria nº 671/2021, esses arquivos foram substituídos pelo AEJ (Arquivo Eletrônico de Jornada). Os Programas de Tratamento de Registro de Ponto (PTRP) têm até 10/11/2022 para serem adaptados ao novo leiaute. Portanto, até 09/11/2022 o PTRP ainda pode gerar os arquivos AFDT e ACJEF."

gov.br

QUERO O NOVO EBOOK: GUIA COMPLETO: tudo que você precisa saber sobre a nova "lei", publicada em 10/11/21